Semana de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa

“Uma sociedade para todas as idades” 

O dia 15 de junho é o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra Pessoa Idosa, instituído em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU).

O Centro de Referência do Idoso da Zona Norte realizou de 10 a 12 de junho de 2019 a Semana de Conscientização da Violência Contra Pessoa Idosa com objetivo de refletir sobre a importância de “Uma sociedade para todas as idades” com os usuários, colaboradores, comunidade e profissionais.

Na abertura das ações, realizada no dia 10/06, ocorreu a “Caminhada de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa” no Parque Estadual Alberto Lofgren – Horto Florestal, em parceria com o Centro de Convivência do CRI Norte. Essa ação contou com aproximadamente 60 pessoas, com intuito de mobilizar a comunidade e dar visibilidade a questão da violência contra o idoso. Nesta data, foi desenvolvido ainda a inaguração de um painel interativo com o tema “Expressões da Violência contra a Pessoa Idosa”, juntamente com a entrega de folders informativos da tipificação da violencia e os canais de denúncia aos usuários/acompanhantes. Na reflexão junto aos colaboradores, houve uma WEB conferência elaborada pela Secretária do Estado da Saúde com a apresentação dos índices da situação de violência no Estado de São Paulo. Após, essa exposição foi desenvolvido uma oficina como a proposta “Violência Instituicional – Naturalização e os ciclos na organização”, onde os colaboradores vivenciaram as principais limitações da pessoa idosa no processo da perda da reserva funcional, com a participação de 25 colaboradores.

No dia 11/06, foi realizado “I Seminário Estadual de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa” organizado pela SES e seus parceiros (Instituto Paulista de Geriatria e Gerontologia – IPGG, CRI Norte, AME Idoso Sudeste e Oeste), contando com 137 participantes. O Núcleo de Prevenção de Violência (NPV) do CRI Norte esteve presente no desenvolvimento de estratégias de sensibilização aos profissionais e estudantes, proporcionando palestras que contemplaram assuntos da responsabilidade do Estado, Sociedade e da Família, na efetivação do direito da pessoa idosa. Na finalização das ações, realizada no dia 12/06, foi publicado o vídeo “Realidades” nas redes sociais do CRI Norte com depoimentos de situações vivenciadas por idosos relacionadas à violência, suas medidas de proteção e a importância da implantação das ações nos serviços de saúde.

Mais um ano, reforçamos a urgência de nos prepararmos para vivenciar e respeitar a velhice, reconhecendo-a em nosso ciclo de vida. É necessário o incentivo à participação social, autonomia e a dignidade humana para a efetivação dos direitos e a proteção social aos idosos, com o compromisso no enfrentamento da violência e na construção de uma sociedade para todas as idades.